Bio

Conectados

História do descobrimento da célula

História do descobrimento da célula
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Histórico

A descoberta da célula só foi possível mediante a invenção do microscópio, instrumento capaz de ampliar imagens de pequenos objetos. Acredita-se que o microscópio foi inventando em 1591, por dois holandeses fabricantes de óculos, Hans Janssen e Zacharias Janssen. Há indícios que o primeiro a fazer observações de material biológico, utilizando o microscópio foi Antonie van Leeuwenhoek (1632-1723).

Os microscópios produzidos por Leeuwenhoek eram simples, ou seja, dotado de uma única lente pequena, mas que o permitiu fazer observações dos mais variados materiais como: glóbulos vermelhos do sangue, poças de água, espermatozóides no sêmen de animais e embrião de plantas. Nessas observações Leeuwenhoek relatou ter encontrado seres vivos minúsculos, que na época eram chamados de “micróbios”, hoje conhecido então como microrganismo.

História do descobrimento da célula

Microscópio simples utilizado por Leeuwenhoek. Disponível em: cientificament.

 

Inspirado das descobertas de Leeuwenhoek, o inglês Robert Hooke (1635-1703) construiu seu microscópio um pouco mais complexo, de duas lentes ajustadas às extremidades de um tubo de metal. Uma das lentes ficava próximo aos olhos do observador (ocular) e a outra próximo do material que estava sendo observado (objetiva). Por possuir duas lentes o microscópio desenvolvido por Hooke, foi denominado de composto.

Entre os materias pesquisados por Hooke, foram fatias finas de cortiça extraídas da casca de árvores. Nas suas observações, Hooke relatou pequenos compartimentos vazios, que ele chamou de cell, que no inglês significa Cela ou cavidade. Mais tarde, surgiu-se então o termo célula que conhecemos atualmente.

História do descobrimento da célula

Microscópio rudimentar usado por Robert Hooke. Disponível em: Microscopia.bio.

História do descobrimento da célula

Estruturas de cortiça observadas por Robert Hooke. Disponível em: Microscopia.bio.

epois dos estudos de Hooke, a microscopia teve grande avanço, outros pesquisadores queriam desvendar esse universo microscópio, foi a partir de então começou os estudos com plantas e animais. Em 1838, Mathias Schleiden (1804-1881), com base em suas pesquisas, propôs que todos os vegetais são constituídos por células. Um ano depois, em 1839 Theodor Schwann (1810-1882) chegou a conclusão semelhante para os animais. A partir dessas descobertas começou a consolidar a Teoria Celular.

 

Teoria Celular 


A Teoria Celular pressupõe generalizações ao conhecimento sobre as células. Ela admite que, apesar das diferenças funcional e estrutural, todos os seres vivos compartilham a nível celular algumas características.

Os três pressupostos fundamentais da Teoria Celular são:

1.Todos os seres vivos são formados por células, portanto, as células são unidades morfológicas dos seres vivos.

2.Atividades essenciais que caracterizam a vida ocorrem no interior das células, assim as células são estruturas fisiológicas dos seres vivos.

3.Uma célula só surge a partir da divisão de outra célula pré-existente.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Veja Também:

Artigos Relacionados

Olá, deixe seu comentário para História do descobrimento da célula

Enviando Comentário Fechar :/